Navigation

Morre designer suíça Christa de Carouge

De Carouge ficou conhecida por usar a cor preta em suas criações Keystone

A icônica estilista suíça Christa de Carouge morreu após um breve período doente, de acordo com sua equipe.

Este conteúdo foi publicado em 18. janeiro 2018 - 10:30
swissinfo.ch com agências

Uma colega da estilista confirmou à agência de notícias suíça na quarta-feira que Christa de Carouge, de 81 anos, faleceu durante a noite.

Conteúdo externo

Mais conhecida por suas criações em cor preta, a suíça de Basileia apresentou sua primeira coleção de moda em 1983. Foi a primeira coleção completamente preta já mostrada na Suíça, e a apresentação teatral de seu trabalho ajudou a tornar de Carouge uma sensação instantânea.

Suas coleções de roupas logo se tornaram conhecidas em toda a Suíça, Alemanha e Áustria e foram apresentadas em várias exposições de museu. A designer disse para swissinfo.ch, em uma entrevista de 2004: "acho que precisamos adotar uma atitude sensata em relação à roupa, porque se continuarmos com as atuais tendências da moda, as pessoas logo não usarão nada, e esse não é o caminho certo a seguir".

Sua obsessão com a cor preta, segundo ela, decorreu do fato de ser "a menos problemática e a mais urbana na Europa".

"Foi sempre a minha cor favorita, porque é a cor mais neutra e opaca que oferece mais proteção", disse.

Nascida Christa Furrer em 1936, de Carouge mudou seu sobrenome em homenagem ao seu bairro favorito de Genebra, tendo vivido na Suíça francesa há 40 anos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.