Navigation

Índia ordena bloqueio de centenas de sites pornográficos

A Índia ordenou o bloqueio de mais de 800 sites pornográficos, por seu conteúdo obsceno afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. agosto 2015 - 17:14
(AFP)

A Índia ordenou o bloqueio de mais de 800 sites pornográficos, por seu conteúdo obsceno, informou nesta segunda-feira um funcionário do governo, provocando polêmica sobre a liberdade de expressão no maior país democrático do mundo.

Desde o final da semana assada, os usuários de todo o país não conseguiram acessar certas páginas exclusivas para adultos, muitas delas localizadas no exterior.

O bloqueio foi determinado pela máxima instância judicial da Índia, que no mês passado expressou sua preocupação ante o fracasso do governo em bloquear sites de pornografia infantil.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.