Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

"Um sonho que se realiza"

Por
(Keystone)

Juíza de futebol há 21 anos, Nicole Petignat faz parte da elite do futebol suíço desde 1999. Seu bom desempenho levou à designação da UEFA para partida de 14 de agosto, em Estocolmo, na Suécia. Entrevista:

Swissinfo: Como a senhora soube da escolha da UEFA?

Nicole Petignat:

Um diretor da UEFA me telefonou e perguntou se eu tinha disponibilidade para o dia 14 de agosto. Disse que sim e ele anunciou que eu ia apitar essa partida eliminatória da Copa UEFA.

Foi emocionada porque é um sono que vai se realizar. Arbitrar nesse nível é uma grande honra e um reconhecimento de minha competência, é fantástico! Eu não acreditava que isso fosse possível, que a UEFA pudesse corrir o risco de dar a direção de uma partida dessas a uma mulher.

O fato de ter um marido, que é o melhor árbitro suíço, é uma vantagem?

NP: Sim e não. Sim, porque falamos de nossas atuações e isso ajuda a evoluir. Os conselhos dele são preciosos. E não porque, às vezes, tenho a impressão que as pessoas esperam que eu apite como ele. Mas no fim, é uma vantangem sim.

Aos 36 anos e na elite há 4 anos, quais os objetivos futuros?



NP: Não sei muito bem. Como dizia há pouco, eu não pensava em dirigir uma partida européia masculina. Agora, eu vou fazer o que posso para abrir o caminho para outras colegas.

Se tudo correr bem, talvez eu possa repetir essa experiência. Por enquanto é isso mas eu espero que o futuro ainda me traga belas surpresas.

swissinfo, Mathias Froidevaux
(tradução, Claudinê Gonçalves)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×