Navigation

Acidente de ônibus na Argentina deixa 15 mortos

Vista do ônibus turístico que se acidentou na província argentina de Tucumán deixando um saldo de pelo menos 13 mortos, em 1º de julho de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 01. julho 2019 - 16:17
(AFP)

Pelo menos 15 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas em um acidente, nesta segunda-feira, com um ônibus turístico na província de Tucumán, ao norte da Argentina, informou a procuradoria.

"A informação que temos até este momento é de 15 pessoas mortas, 13 aqui no local e dois na (unidade de) terapia intensiva. Estamos verificando com a lista de passageiros para ver se coincide com a lista de pessoas internadas", declarou à imprensa o procurador Edgardo Sánchez durante uma inspeção no local, cerca de oito horas após o acidente.

O acidente aconteceu aproximadamente às 10H00 do horário local em La Madrid, quando o veículo fez uma curva em meio a uma espessa neblina, segundo testemunhas.

Os dois motoristas foram detidos por 48 horas até que se determine o ocorrido, disse o procurador.

O ônibus havia partido na noite de domingo da província de Mendoça (oeste) e tinha como destino as Termas de Río Hondo, na província de Santiago del Estero (norte), a cerca de mil quilômetros de distância, um destino turístico de águas termais muito popular durante o inverno.

Cerca de 30 ambulâncias, policiais e bombeiros trabalham no local para retirar os corpos dos falecidos presos dentro do veículo.

Os feridos foram levados ao hospital de La Madrid, a 1 quilômetro do local do acidente, e a outros centros hospitalares da região.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.