Navigation

AFP entrega o Prêmio Kate Webb à jornalista filipina

Patricia Evangelista, de 28 anos, cobriu dois acontecimentos nas Filipinas em 2013: a invasão da região de Zamboanga (sul) pelas tropas rebeldes e o tufão Haiyan. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. julho 2014 - 15:15
(AFP)

A filipina Patricia Evangelista foi agraciada este ano com o Prêmio Kate Webb, atribuído pela Agência France-Presse a jornalistas que trabalham em circunstâncias perigosas e difíceis na Ásia.

Evangelista, de 28 anos, cobriu dois acontecimentos nas Filipinas em 2013: a invasão da região de Zamboanga (sul) pelas tropas rebeldes e o tufão Haiyan, que causou a morte de 7.000 pessoas em novembro, no centro do arquipélago.

A jovem jornalista, que trabalha para o portal filipino de notícias Rappler e a revista Esquire, receberá 3.000 euros.

O prêmio, atribuído pela Fundação AFP, leva nome da jornalista Kate Webb, falecida em 2007 aos 64 anos, depois de ter coberto para a France-Presse a maioria dos acontecimentos na Ásia durante quatro décadas.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.