Navigation

Agência espacial da Índia perde contato com sonda que deveria pousar na Lua

A agência espacial indiana informou que perdeu contato com sua sonda que deveria pousar perto do polo sul da Lua. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 06. setembro 2019 - 20:57
(AFP)

A agência espacial da Índia informou neste sábado que perdeu a comunicação com sua sonda pouco antes do horário em que o aparelho deveria pousar perto do polo sul da Lua.

"A descida de Vikram estava em andamento conforme o planejado e foi observado um desempenho normal", disse o presidente da Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), K. Sivan, na sala de controle da cidade de Bangalore.

"Posteriormente, a comunicação da sonda com a estação terrestre foi perdida. Os dados estão sendo analisados", afirmou.

O primeiro-ministro do país, Narendra Modi, que foi ao centro espacial de Bangalore para acompanhar o pouso, disse aos cientistas após o anúncio de Sivan que o que eles "fizeram (até agora) não é um pequeno avanço".

"Altos e baixos acontecem na vida. Seu trabalho duro nos ensinou muito e toda a nação tem orgulho de vocês", acrescentou.

"Se a comunicação (com a sonda) retornar... vamos torcer pelo melhor... Nossa jornada continuará. Sejam fortes. Eu estou com vocês", concluiu Modi.

A Índia trabalha para ser o quarto país (depois dos Estados Unidos, Rússia e China) a pousar com sucesso na Lua.

O país inclusive deseja ser o primeiro a pousar no polo sul da Lua, uma região que a ISRO afirma ser "completamente inexplorada".

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.