Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As relações entre Berlim e Washington ficaram tensas nas últimas semanas com a expulsão do chefe da CIA na Alemanha, após a detenção de dois agentes suspeitos de espionar autoridades alemãs para os Estados Unidos.

(afp_tickers)

Um general do exército alemão se converterá no dia 4 de agosto pela primeira vez em chefe do Estado-Maior do exército americano na Europa, um avanço importante na cooperação entre os dois países, anunciou nesta quinta-feira o exército alemão.

O general Markus Laubenthal, que se unirá ao quartel-general de Wiesbaden (centro da Alemanha), será "o braço direito do comandante das forças terrestres americanas na Europa", o general Donald Campbell Jr, que conta com "mais de 37.000 soldados" as suas ordens, declarou o exército alemão em um comunicado.

"Trabalhar em um ambiente multinacional com nossos aliados alemães é um avanço importante no compromisso do exército americano na Europa", destacou o general Campbell, citado no comunicado.

As relações entre Berlim e Washington ficaram tensas nas últimas semanas com a expulsão do chefe da CIA na Alemanha, após a detenção de dois agentes suspeitos de espionar autoridades alemãs para os Estados Unidos.

AFP