Navigation

Alemanha e Reino Unido retiram quarentena para viajantes das Ilhas Canárias

Viajantes no aeroporto London Stansted Airport, em Londres afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 22. outubro 2020 - 17:06
(AFP)

A Alemanha e o Reino Unido retiraram as Ilhas Canárias da lista de áreas de risco que enfrentam as restrições para viajantes, graças a uma diminuição dos casos de coronavírus no arquipélago espanhol, informaram autoridades espanholas e britânicas.

"Após uma avaliação dos últimos dados, as Canárias, as Maldivas, Dinamarca e Mykonos foram acrescentadas à lista" de corredores aéreos, anunciou no Twitter o ministro de Transportes britânico, Grant Shapps, nesta quinta-feira (22).

"A partir das 04h00 (00h00 em Brasília) de domingo 25 de outubro, já não terão que se isolar se chegarem desses destinos", afirmou.

No entanto, a lista de Liechtenstein continua, o que faz com que os viajantes desse pequeno principado europeu, onde aumentaram os casos de covid-19, sejam proibidos de sair durante duas semanas.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.