Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Logo da Apple, na Califórnia

(afp_tickers)

A Apple anunciou nesta terça-feira (2) um aumento de seus lucros trimestrais, mas suas receitas foram um pouco menores do que o esperado, enquanto as vendas de seu emblemático iPhone ficaram estagnadas.

O grupo americano disse que seu lucro líquido subiu 4,9%, a US$ 11,029 bilhões, e informou um volume de negócios de US$ 52,9 bilhões no trimestre encerrado em 31 de março. Esse total foi pouco menos do que os US$ 53 bilhões estimados pelos analistas.

A quantidade de iPhones vendidos no trimestre também não atingiu as expectativas. Foram comprados 50,76 milhões de aparelhos, cerca de 640.000 a menos do que o previsto pelo mercado.

Nas transações eletrônicas após o fechamento da Bolsa, as ações da Apple caíram 2,11%, a US$ 144,79, depois da divulgação dos resultados.

Para o trimestre em curso, a Apple fez estimativas moderadas. Espera um volume de negócios de entre US$ 43,5 bilhões e US$ 45,5 bilhões, enquanto a expectativa do mercado é de aproximadamente US$ 45,7 bilhões.

Antes da divulgação dos resultados, a ação da Apple atingiu seu máximo histórico, a US$ 147,50. Esse valor representa uma alta de 37% desde o começo do ano.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP