Navigation

Argentina prorroga até agosto medidas contra Covid

(6 jul) Paciente com Covid na UTI de hospital da cidade argentina de Córdoba afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. julho 2021 - 01:01
(AFP)

O governo argentino prorrogou nesta sexta-feira até 6 de agosto a bateria de medidas sanitárias para conter a transmissão da Covid-19 e a propagação local da variante Delta do novo coronavírus.

A nova extensão do combate à pandemia foi aprovada no momento em que se acumulam mais de 98 mil mortos e 4,6 milhões de infectados, estatísticas que estão entre as mais altas das Américas, em um país de 45 milhões de habitantes.

“A variante Delta foi reportada em 86 países e é entre 50% e 70% mais contagiosa do que a variante Alpha”, argumentou o governo no decreto sanitário.

A nação sul-americana já comprou 28 milhões de doses de vacinas de diversos laboratórios, das quais 24 milhões foram aplicadas, incluindo quase 5 milhões de pessoas com as duas doses. O país manterá as fronteiras fechadas ao turismo, mas ampliará a cota de argentinos e residentes que poderão retornar ao país. Reuniões sociais com mais de 10 pessoas estão suspensas.

Por outro lado, quase todas as atividades industriais, comerciais e escolares estão permitidas, inclusive com abertura maior na cidade de Buenos Aires, governada pela oposição em nível federal.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?