Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O ator americano Tracy Morgan recebeu alta de um centro de reabilitação neste sábado, um mês depois do acidente de carro que o deixou gravemente ferido e pelo qual decidiu processar o gigante do varejo Walmart.

(afp_tickers)

O ator americano Tracy Morgan recebeu alta de um centro de reabilitação neste sábado, um mês depois do acidente de carro que o deixou gravemente ferido e pelo qual decidiu processar o gigante do varejo Walmart.

Em 7 de junho, o ator sofreu o acidente no sul de Nova York. Ele voltava de um passeio em uma limusine, quando o veículo foi atingido por trás por um caminhão da Walmart.

Além de Morgan, outros dois passageiros do veículo ficaram gravemente feridos, e um quarto faleceu. Tracy Morgan, de 45 anos, quebrou o nariz, fêmur e várias costelas.

"Tracy recebeu alta do centro de reabilitação e vai manter os trabalhos de recuperação em casa com um dinâmico programa para pacientes ambulatoriais", declarou seu agente, Lewis Kay.

O ator entrou com uma ação contra a Walmart em uma corte do distrito de Nova Jersey.

Segundo a denúncia apresentada contra o motorista do caminhão, Kevin Roper, que foi indiciado, o acusado havia ficado mais de 24 horas sem dormir antes do acidente.

"A negligência do acusado contribuiu de maneira significativa para provocar as lesões nos demandantes", afirma a denúncia.

Em nota, a Walmart declarou que esse acidente foi uma "terrível tragédia" e desejou uma pronta recuperação das vítimas.

O acidente aconteceu na auto-estrada I95, cerca de 80 quilômetros ao sul de Nova York, e envolveu seis veículos.

AFP