Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Hmem sírio carrega duas meninas cobertas de poeira após ataque aéreo do regime à cidade de Aleppo, em 9 de julho de 2014

(afp_tickers)

Um bebê de dois meses foi salvo de escombros 16 horas após um bombardeio em Aleppo, no norte da Síria, segundo um vídeo postado na internet nesta sexta-feira por uma equipe de emergência.

"Após mais de 16 horas de trabalho em condições difíceis, a defesa civil em Ansari (um bairro no sul de Aleppo) conseguiu salvar uma pequena menina de apenas dois meses assim como sua mãe que foi ferida", anunciou a equipe.

No vídeo de 30 segundos, que pode ser visto em https://www.youtube.com/watch?v=-XGgZmsKZAg&feature=youtu.be e cuja autenticidade e localização não foram confirmadas, é possível ver um homem que tenta desprender uma pequena cabeça dos escombros.

Depois ouve-se o choro de um bebê antes mesmo deste ser completamente liberado das ruínas, coberto de poeira.

O homem sorri apertando o bebê em seus braços, enquanto gritos de "Deus é grande" ecoam atrás da câmera.

O vídeo foi postado no Twitter da "Defesa Civil em Aleppo", que se apresenta como uma equipe de voluntários que socorre civis nas "regiões libertadas", aquelas fora do controle do regime de Bashar al-Assad.

Desde 2012, a ex-capital econômica da Síria está dividida entre setores controlados pelas forças do regime e bairros nas mãos dos rebeldes, que sofrem bombardeios diários.

Aleppo é uma das principais frentes de combate desta guerra que devasta a Síria há três anos.

AFP