Navigation

Bolsonaro: desarmar brasileiros não evitará tiroteios como os dos EUA

(Arquivo) O presidente Jair Bolsonaro estimou neste domingo que desarmar a população não evitará tiroteios como os ocorridos neste fim de semana nos Estados Unidos, e voltou a defender sua política para flexibilizar o porte de armas no Brasil afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. agosto 2019 - 21:21
(AFP)

O presidente Jair Bolsonaro estimou neste domingo que desarmar a população não evitará tiroteios como os ocorridos neste fim de semana nos Estados Unidos, e voltou a defender sua política para flexibilizar o porte de armas no Brasil.

"Lamento. Agora, não é desarmando o povo que você vai evitar isso aí. O Brasil é, no papel, extremamente desarmado, e já aconteceu coisa semelhante aqui", comentou Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.