Navigation

Bolsonaro afirma que Haddad só chegará ao poder 'com fraude'

(Arquivo) O candidato à presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 25. outubro 2018 - 12:53
(AFP)

Jair Bolsonaro, que lidera as pesquisas para a eleição presidencial do próximo domingo, declarou nesta quarta-feira que seu adversário, Fernando Haddad, só chegará ao poder por meio de "fraude".

"O que vai acontecer com a economia brasileira se esse cara por ventura chegar lá? Só pode chegar pela fraude, pelo voto não vai chegar. Tenho certeza disso", declarou o capitão da reserva do Exército em transmissão no Facebook.

"Estão querendo acertar os números do Ibope para as eleições do próximo domingo? Temos que desconfiar ou não temos? Temos que acreditar, mas acreditar desconfiando", disse Bolsonaro sobre a pesquisa de terça-feira, na qual Haddad reduziu sua desvantagem de 18 para 14 pontos.

O capitão manifestou principalmente sua desconfiança em relação à cidade de São Paulo, onde obteve 44% dos votos no primeiro turno contra 19% para Haddad. A última pesquisa atribui 51% para o candidato do PT e 49% para Bolsonaro, um empate técnico.

Durante a campanha, Bolsonaro já havia questionado abertamente a confiabilidade do sistema de voto eletrônico.

No primeiro turno, em 7 de outubro, Bolsonaro obteve 46% dos votos, e ao conhecer os resultados denunciou que "problemas" com as urnas eletrônicas o impediram de vencer por maioria absoluta.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.