Navigation

Bombardeios perto de estação de trens de reduto separatista pró-russo de Donetsk

Ucranianos apagam fogo depois que prédio foi destruído em confrontos entre forças de segurança e militantes pró-russos em Lugansk, em 20 de julho de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 21. julho 2014 - 10:51
(AFP)

A região da estação ferroviária do reduto separatista pró-russo de Donetsk, no leste da Ucrânia, era alvo nesta segunda-feira de intensos bombardeios de artilharia, indicou um repórter da AFP.

As forças separatistas isolaram as ruas da região, abandonada pelos habitantes em micro-ônibus ou a pé.

so-del/ec/js/meb/ma

A região da estação ferroviária do reduto separatista pró-russo de Donetsk, no leste da Ucrânia, era alvo nesta segunda-feira de intensos bombardeios de artilharia, indicou um repórter da AFP.

As forças separatistas isolaram as ruas da região, abandonada pelos habitantes em micro-ônibus ou a pé.

O leste da Ucrânia vive há mais de três meses um conflito armado entre os separatistas pró-russos e as autoridades de Kiev, que acusam Moscou de apoiar os insurgentes.

A administração municipal indicou que um supermercado próximo à estação ferroviária foi incendiado e que um edifício de nove andares também foi atingido pelos disparos.

Além disso, fez um apelo aos vizinhos das estação, pedindo que não saíssem de suas casas.

A prefeitura indicou também que, segundo os vizinhos, as forças ucranianas entraram em Avdivka, cidade de 35.000 habitantes na periferia norte de Donetsk.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.