Navigation

Cápsula da SpaceX se acopla à Estação Espacial Internacional

Imagem da Nasa TV mostra os astronautas Bob Behnken (frente) e Doug Hurley pouco após o lançamento, em 30 de maio de 2020, do Centro Espacial Kennedy afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 31. maio 2020 - 14:50
(AFP)

A cápsula Crew Dragon da SpaceX com dois astronautas americanos a bordo, lançada no sábado de Cabo Canaveral (Flórida), se acoplou neste domingo à Estação Espacial Internacional (ISS).

O primeiro contato e acoplamento da nave espacial ao objetivo, localizado a 400 km da Terra, aconteceu às 10H16 (costa oeste americana, 11H16 de Brasília), alguns minutos antes do previsto.

Pouco depois, o procedimento foi concluído com uma vedação hermética.

Este é um passo crucial na missão histórica, a mais perigosa e de alto nível confiada até hoje a uma empresa privada pela Nasa.

A bordo da cápsula estão os astronautas Bob Behnkhen e Doug Hurley, ambos veteranos do programa dos ônibus espaciais da Nasa, finalizado em 2011.

"O acoplamento está completo", afirmou um membro da tripulação.

"Foi uma grande honra ser uma pequena parte deste esforço de nove anos, desde a última vez que uma nave espacial dos Estados Unidos atracou na Estação Espacial Internacional", completou.

Em seguida, o vestíbulo entre a cápsula e ISS será pressurizado e a escotilha será aberta em cerca de uma hora.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.