Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, é visto em pronunciamento exibido pela rede de televisão multi-estatal Telesur, em 5 de março de 2013

(afp_tickers)

O canal multi-estatal Telesur, em que sete países latino-americanos participam, terá a partir de quinta-feira um site de notícias em inglês orientado para o mercado americano e britânico, informou o canal nesta quarta-feira.

"Nosso lema é 'uma visão latino-americana para os acontecimentos mundiais', sendo, portanto, o único meio de comunicação com esta perspectiva a oferecer um produto em inglês voltado para o mercado americano e britânico", explicou em um comunicado a presidente da Telesur, Patricia Villegas.

O www.telesurtv.net/english terá sua redação em Quito e seções informativas sobre o mundo e seus próprios produtos em inglês.

De acordo com a programação, de segunda a sexta-feira será transmitida durante a manhã, ao meio-dia e à noite um segmento de notícias com os acontecimentos mais importantes do mundo.

Este site será lançado na quinta-feira por ocasião do libertador venezuelano Simón Bolívar.

O canal Telesur, que transmite continuamente informações de interesse mundial e que tem correspondentes e escritórios em vários países, foi criado em 2005, principalmente sob o comando do presidente venezuelano, Hugo Chávez, e está sediado em Caracas.

Na produção do Telesur participam os governos da Argentina, Bolívia, Cuba, Equador, Nicarágua, Uruguai e Venezuela, bem como organizações regionais, como o Mercosul e a Unasul.

AFP