Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O atentado aconteceu na província de Yala

(afp_tickers)

Três pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas na explosão, nesta sexta-feira, de um carro-bomba diante de um hotel no sul da Tailândia, cenário, há dez anos, de uma insurreição, anunciou a polícia.

Mais de 6 mil pessoas, em sua maioria civis, morreram desde o começo, em 2004, da rebelião separatista nesta região de maioria muçulmana que fez parte da Malásia até o início do século XX.

Os insurgentes, que atacam tanto budistas quanto muçulmanos, se rebelam porque acham que a população de etnia malaia e religião muçulmana é marginalizada na Tailândia, um país de maioria budista.

Em 2013, tiveram início negociações de paz entre os rebeldes e as autoridades tailandesas, mas por ora isso não diminuiu a violência.

AFP