Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Cientista trabalha em pesquisa em laboratório na Filadélfia, no dia 31 de julho de 2014

(afp_tickers)

Cientistas britânicos dizem ter inventado um perfume milagroso, capaz de revolucionar a vida de milhares de pessoas graças ao seu princípio operacional: quanto mais a pessoa sua, melhor é o cheiro.

Em um estudo publicado nesta quinta-feira na revista Chemical Communications (http://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2015/cc/c5cc00099h#!divAbstract), três pesquisadores da Universidade Queen’s de Belfast, Irlanda do Norte, disseram ter encontrado um perfume que libera uma quantidade de aroma em função da umidade à qual está exposto.

Para isso, combinaram os componentes do perfume a um líquido iônico, que é inodoro.

O resultado, chamado de "líquido iônico perfumado", à espera certamente de um nome mais atrativo, é reativo à água e, portanto, ao suor.

Isso não é tudo. Para evitar uma mistura de suor-perfume potencialmente desastrosa em termos olfativos, o perfume dos pesquisadores de Belfast tem o poder de neutralizar o mau cheiro do suor.

O tiol, composto orgânico responsável pelo mau cheiro do suor, é naturalmente atraído pelo líquido iônico ao qual se adere, perdendo seu poder nocivo.

"Este novo método constitui um avanço fantástico. Não apenas tem um grande potencial comercial por seu uso na fabricação de perfumes e cosméticos, mas também pode ser útil em outros campos científicos pela liberação gradual de substâncias", disse o responsável pelo projeto, o doutor Nimal Gunaratne, da Universidade Queen's.

AFP