Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O líder norte-coreano, Kim Jong-Un

(afp_tickers)

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou nesta quinta-feira a Coreia do Norte pelo recente disparo de vários mísseis balísticos de curto alcance.

"Os membros do Conselho de Segurança condena esses disparos como violações das resoluções do Conselho de Segurança", declarou Eugene Richard Gasana, o membro ruandês do conselho.

A Coreia do Norte lançou na segunda-feira 100 mísseis ao mar, em exercícios militares perto da fronteira marítima oriental com a Coreia do Sul, anunciou o Estado-Maior sul-coreano.

Os exercícios duraram 30 minutos e foram disparados 100 projéteis, alguns com alcance de 50 quilômetros. Todos caíram no mar, ao norte da fronteira marítima.

As tropas de fronteira da Coreia do Sul já estavam em alerta, após uma série de testes norte-coreanos com mísseis balísticos de curto alcance nas últimas semanas. No domingo, Pyongyang lançou dois mísseis Scud que caíram no mar do Japão.

Pyongyang realiza testes e exercícios militares para manifestar seu descontentamento, geralmente contra os exercícios navais conjuntos entre Coreia do Sul e Estados Unidos.

AFP