AFP

(Arquivo) O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

(afp_tickers)

O Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) da Venezuela anulou neste sábado uma decisão que conferia ao presidente Nicolás Maduro amplos poderes para legislar em matéria de crime organizado e terrorismo, anunciou a corte.

"Suprime-se a cautelar (...) desta sentença", assinalou o TSJ, referindo-se aos poderes que havia concedido a Maduro para revisar leis contra o crime organizado, o financiamento do terrorismo e a corrupção, bem como o código penal e o código de justiça militar.

AFP

 AFP