AFP

Andy Rubin disse em um post on-line que se concentrou em solucionar a desordem, a complexidade e a rápida obsolescência dos smartphones

(afp_tickers)

Um dos criadores do software do Android, com o qual funciona a maioria dos smartphones do mundo, entrou no competitivo mercado do hardware nesta terça-feira com um novo telefone chamado Essential.

Andy Rubin disse em um post on-line que se concentrou em solucionar a desordem, a complexidade e a rápida obsolescência dos smartphones, introduzindo no mercado um aparelho de qualidade que permite agregar acessórios, como uma câmara 360 graus que pode ser acoplada magneticamente.

"Além de tudo de bom que o Android fez para ajudar a levar a tecnologia a quase todo o mundo, também ajudou a criar este novo mundo estranho em que precisam lutar contra a mesma tecnologia que se pensava que simplificaria a vida", explicou.

O Essential será lançado primeiro nos Estados Unidos, por 699 dólares. A câmera de 360 ​​graus acoplada com um imã na parte posterior do telefone poderá ser adquirida por 50 dólares adicionais.

Rubin disse que criou a empresa que está por trás do Essential para usar "métodos do século XXI para fabricar produtos para o modo em que as pessoas querem viver no século XXI".

O objetivo inclui, segundo ele, deixar que as pessoas decidam quais características querem que seus telefones tenham, fazendo com que os produtos sejam simples, de boa qualidade e que não se tornem obsoletos de um ano para o outro.

AFP

 AFP