Navigation

Doença misteriosa na Índia deixa rastros de metal no sangue

Transeuntes em Nova Délhi, em 11 de outubro de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 08. dezembro 2020 - 19:05
(AFP)

Os afetados por uma doença misteriosa em uma cidade indiana, que causou a morte de uma pessoa e centenas de intoxicações, mostra altos níveis de chumbo e níquel no sangue, informaram as autoridades nesta terça-feira (8).

O fenômeno foi detectado neste fim de semana em Eluru, no estado de Andhra Pradesh. De sábado até esta terça, mais de 550 pessoas foram hospitalizadas e uma delas morreu com convulsões, náuseas e dores.

O governo enviou especialistas em virologia do Centro Nacional de Controle de Doenças e do Instituto de Ciências Médicas, após descartar um episódio de "histeria em massa" em plena crise da pandemia de covid-19.

As amostras de sangue de dez pessoas revelaram altos níveis de chumbo e níquel, declarou o diretor do hospital de Eluru, A. V. Mohan.

No entanto, as amostras são pouco significativas para afirmar que essas dois metais causaram o problema de saúde em massa, em uma cidade de 200.000 habitantes.

Segundo um relatório publicado na segunda-feira, a doença pode causar "um ataque epilético de 3 a 5 minutos, perda de memória, ansiedade, vômitos, dor de cabeça e nas costas".

Na região não há grandes fábricas e os especialistas estão analisando a comida e a água.

Partilhar este artigo