Navigation

Dois fugitivos de prisão no Uruguai com mafioso italiano são presos

O mafioso italiano Rocco Morabito, em foto divulgada pelo Ministério do Interior uruguaio horas após a sua fuga afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. julho 2019 - 19:21
(AFP)

Dois homens que fugiram de uma prisão uruguaia com o capo italiano Rocco Morabito em junho passado foram recapturados no Uruguai nesta quinta-feira, informou o Ministério do Interior.

"São três os recapturados" dos quatro que escaparam e "só resta a captura de Rocco Morabito, ainda pendente", afirma o comunicado divulgado no site da pasta, que contabiliza a prisão na cidade de Minas de Leste (cerca de 140 km noroeste de Montevidéu) do uruguaio Matías Sebastián Acosta e do argentino Bruno Ezequiel Díaz.

Os dois homens e um terceiro homem recapturados em 26 de junho escaparam de uma prisão em Montevidéu, juntamente com o capo italiano Morabito, pelo teto e chegaram à rua depois de invadirem um apartamento ao lado do centro de detenção.

O quarteto escapou de uma prisão no centro de Montevidéu, deixando as autoridades penitenciárias uruguaias em maus lençóis.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.