Navigation

Ebola deixa mais de 600 mortos desde janeiro na África

Centro de isolamento para infectados com ebola em Conacri, na Guiné, o país mais afetado na epidemia atual. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. julho 2014 - 13:57
(AFP)

A epidemia de febre hemorrágica em três países do oeste da África, causada pelo vírus Ebola, deixou desde janeiro 603 mortos, informou a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Ebola e outras febres hemorrágicas mataram 603 pessoas, em um total de 964 casos declarados, em três países africanos, Guiné, Libéria e Serra Leoa.

A OMS indicou que está procurando o apoio de pessoas influentes e respeitadas dentro das comunidades afetadas para explicar de forma mais eficiente às populações as medidas de proteção para frear a epidemia, a mais grave atribuída ao Ebola até o momento.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?