Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Israelense segura destroço de foguete lançado na cidade de Sderot, a partir da Faixa de Gaza.

(afp_tickers)

O Egito tentava fazer a mediação nesta sexta-feira para acabar com a tensão entre Israel e o Hamas, depois do lançamento de foguetes a partir da Faixa de Gaza, informou um dirigente do movimento islamita palestino.

"O Egito continua se esforçando para restabelecer a calma na Faixa de Gaza, mas nenhum acordo foi concluído", afirmou à AFP um dirigente do Hamas que não quis ser identificado.

O Hamas afirmou que a parte egípcia não quer uma escalada do conflito.

Outro dirigente do movimento islamita palestino, Basem Naim, afirmou à AFP que o Hamas "não tem nenhum interesse em uma escalada ou guerra em Gaza".

"Mas, ao mesmo tempo, não é possível permanecer em silêncio sobre a agressão (israelense) que continua contra Gaza e Cisjordânia", advertiu Naim.

Israel enviou na quinta-feira reforços para perto de Gaza, em um contexto de grande tensão depois do assassinato de três adolescentes israelenses e de um palestino.

AFP