Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Michigan, no dia 9 de setembro de 2015

(afp_tickers)

O diplomata cubano José Ramón Cabañas apresentou nesta quinta-feira ao presidente americano, Barack Obama, suas credenciais como novo embaixador de Cuba em Washington, informou a representação diplomática em uma curta nota oficial.

Cabañas, que desde 2012 é chefe da Seção de Interesses de Cuba em Washington, participou na Casa Branca de uma cerimônia na qual 16 embaixadores apresentaram suas cartas credenciais ao chefe de Estado.

Segundo a embaixada cubana, Obama e Cabañas "conversaram sobre o estado das relações bilaterais" durante a cerimônia.

Cuba e Estados Unidos restabeleceram formalmente em 20 de julho suas relações diplomáticas depois de mais de meio século de ruptura e desconfiança mútua.

Washington e Havana surpreenderam o mundo em dezembro passado ao anunciar a intenção de restabelecer as relações diplomáticas, que tinham sido interrompidas em 1961.

Desde então, Cabañas integrou a equipe de negociadores cubanos que manteve uma série de reuniões com o colega americano para preparar o caminho à reabertura das respectivas embaixadas.

Os dois países celebraram na semana passada, em Havana, uma reunião técnica para preparar uma agenda para o futuro imediato, no caminho de uma completa "normalização" das relações.

Para a parte cubana, a "normalização" das relações deverá incluir o fim do embargo econômico unilateral americano à ilha e o início de conversações sobre a devolução da base naval de Guantánamo.

AFP