Navigation

Equador supera os 200.000 casos de covid-19

Caixão com o corpo de uma vítima do novo coronavírus é levado ao cemitério Jardines de La Esperanza, em Guayaquil, norte do Equador, 9 de abril de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. dezembro 2020 - 21:17
(AFP)

O Equador superou nesta quinta-feira (10) os 200.000 casos da covid-19 desde que reportou o primeiro infectado em seu território, em 29 de fevereiro, segundo o balanço diário do Ministério da Saúde.

O país, que foi um dos primeiros e mais castigados pela pandemia na América Latina, registrou 1.151 novos casos em 24 horas, elevando a cifra de contagiados a 200.379 (1.145 por 100.000 habitantes).

A cidade mais afetada é Quito, 66.028 casos, seguida de Guayaquil (sudoeste) com 17.980. Este porto viveu, entre março e abril, o pior momento da pandemia, com necrotérios e hospitais sobrecarregados.

O balanço mais recente destaca, ainda, que há 13.850 mortos pelo novo coronavírus, entre confirmados e suspeitos.

Autoridades locais afirmam que existe uma subnotificação de casos e óbitos no contexto da pandemia.

Segundo o Registro Civil estatal, no Equador, com 17,5 milhões de habitantes, ocorreram 36.621 mortes por todas as causas entre março e outubro de 2019 contra 85.324 no mesmo período em 2020, elevando em 133% a cifra de falecidos.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?