Navigation

Evo Morales revela que se curou bebendo urina

O presidente da Bolívia, Evo Morales, é visto em 15 de junho de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. julho 2014 - 00:04
(AFP)

O presidente da Bolívia, Evo Morales, um indígena aimara que nasceu e cresceu nos Andes, revelou nesta quarta-feira que costumava beber a própria urina para se curar de doenças.

"Me criei no campo na base da 'lampaya' e da 'wira-wira' para curar a tosse e, lamento muito dizer, também bebi urina. Quando algum médico dizia: 'tome urina, é bom', eu me curava com urina, tomando urina, esse era o meu remédio, sou dessa família", confessou Morales em um ato público na região de Cochabamba para entregar equipamentos médicos modernos.

A "lampaya" e o "wira-wira" são plantas medicinais utilizadas para tratamento de tosse, resfriado e reumatismo.

Durante o ato, Morales disse que os médicos bolivianos devem combinar os novos recursos com a medicina ancestral, ainda muito utilizada nas zonas indígenas e pobres do país.

"Meu pedido, com muito respeito: é preciso combinar a medicina tradicional com a científica", disse Morales aos médicos que receberam os novos equipamentos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?