Navigation

Ex-presidente argentino Menem tem alta médica após pneumonia

(Arquivo) Ex-presidente argentino Carlos Menem no Congresso em Buenos Aires no dia 5 de fevereiro de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. junho 2020 - 22:43
(AFP)

O ex-presidente argentino e atual senador Carlos Menem (1989-1999) teve alta nesta segunda-feira após ser hospitalizado por 15 dias devido a uma pneumonia, informaram parentes citados pela imprensa local.

O senador peronista, que completará 90 anos em 2 de julho, continuará sua recuperação em sua casa na capital argentina.

Menem foi hospitalizado em 13 de junho devido a pneumonia grave com "derrame pleural bilateral" que exigia até tratamento intensivo.

Testes para detectar coronavírus foram negativos, relataram fontes médicas.

Depois de passar uma semana em terapia intensiva, o ex-mandatário teve uma rápida melhora. Menem governou a Argentina entre 1989 e 1999 com uma política de privatização e forte abertura às importações que o distanciaram da doutrina estatista e industrialista histórica de seu partido, o Justicialista, agora novamente no governo sob a presidência de Alberto Fernández.

Desde que ingressou no Senado em 2005, ele cultiva um perfil discreto que contrasta com seus anos como presidente.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.