Navigation

Fed mantém taxas e reduz apoio monetário

A presidente do Fed, Janet Yellen. Os analistas esperam que se mantenha uma leve diminuição de 10 bilhões de dólares na compra de ativos, como o Fed faz em todas as reuniões desde o início do ano. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 30. julho 2014 - 16:28
(AFP)

Após as notícias do forte crescimento no segundo trimestre, o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) decidiu nesta quarta-feira reduzir suas injeções de liquidez no sistema financeiro e manter as taxas básicas de juros.

Depois de uma reunião de dois dias em Washington, o Comitê de Política Monetária (FOMC) do Fed decidiu sem surpresas cortar em 10 bilhões de dólares suas compras de bônus do Tesouro e de títulos hipotecários destinados a sustentar a atividade econômica, para reduzir o total das compras de ativos a 25 bilhões de dólares mensais.

O FOMC não alterou as taxas de juros básicas, próximas de zero desde o final de 2008. O Comitê ressaltou que a inflação se aproxima da meta de 2%.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?