Navigation

Filha de Fujimori é detida por lavagem de dinheiro

(Arquivo) A líder opositora peruana Keiko Fujimori afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. outubro 2018 - 16:16
(AFP)

A poderosa líder oposicionista do Peru, Keiko Fujimori, foi detida nesta quarta-feira, acusada de lavagem de dinheiro devido a uma suposta manipulação irregular de fundos de campanha por seu partido, informou sua advogada.

Keiko, filha do ex-presidente Alberto Fujimori (1990-2000), ficará detida por um período de 10 dias, informou a advogada Giuliana Loza.

A ordem de prisão foi dada depois de Keiko depor perante um juiz.

Losa afirmou que a prisão foi uma decisão "ultrajante e abusiva".

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.