Navigation

FMI: inflação baixa pode prejudicar crescimento na Europa

Lagarde discursa na Fundação Robert Schuman afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 13:47
(AFP)

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, indicou nesta sexta-feira que o crescimento na Europa pode ser afetado gravemente se a inflação seguir muito baixa, e advertiu que a orientação atual das bolsas talvez seja muito positiva.

"Uma inflação muito baixa pode prejudicar gravemente o crescimento" e "aumentar o peso da dívida", declarou Lagarde em um discurso pronunciado na Fundação Robert Schuman em Paris, onde convocou o Banco Central Europeu (BCE) a manter uma política monetária acomodatícia.

A diretora do FMI classificou, no entanto, de boa notícia o fato de que a "economia europeia esteja começando a se recuperar da crise".

"Vemos isso em vários indicadores. Vemos também na orientação muito positiva dos mercados, talvez muito positiva em relação aos fundamentos", acrescentou.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.