Navigation

FMI avisa que recuperação econômica mundial pode ser 'menor que o esperado'

Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, em Washington no dia 2 de julho de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 06. julho 2014 - 11:41
(AFP)

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, avisou neste domingo que a recuperação da economia mundial pode ser "menor que o esperado".

"Constatamos que a atividade mundial está se recuperando, mas o impulso pode ser menor que o esperado porque o crescimento potencial é mais baixo (...) e o investimento continua sendo fraco", declarou Lagarde em uma conferência em Aix-en-Provence, uma cidade do sul da França.

O Banco Central Europeu reduziu no mês passado as taxas de juros, tornando inclusive uma delas negativa pela primeira vez, para impulsionar a estancada recuperação econômica europeia.

Outros bancos centrais do mundo tomaram medidas similares para ajudar seus países na recuperação da crise financeira que começou no fim de 2008, mas elas alcançaram seu limite, declarou a diretora do FMI.

"Apesar das boas intenções dos bancos centrais, as medidas para manter a demanda alcançaram um limite. Do nosso ponto de vista, é evidente que para fomentar a recuperação é preciso aumentar a massa monetária", disse Lagarde.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.