Navigation

França autoriza teste clínico com sangue de verme marinho em pacientes com Covid-19

(Arquivo) O sangue da Arenicola marina tem uma habilidade extraordinária de carregar oxigênio afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. abril 2020 - 15:45
(AFP)

Um teste clínico que consiste em administrar a pacientes com Covid-19 uma solução a base de sangue de um verme marinho com capacidade de transportar oxigênio foi autorizado na França, anunciaram neste sábado os autores do projeto.

Após o aval da Agência Nacional francesa de Medicamento e Produtos de Saúde (ANSM), há uma semana, a empresa Hemarina (com sede na Bretanha), que desenvolveu o produto, anunciou à AFP que obteve nesta madrugada a autorização do Comitê de Proteção de Pessoas (CPP) para realizar o teste, segundo seu diretor, Franck Zal.

A solução é produzida com a hemoglobina da Arenicola, que mede entre 10 e 15 centímetros. Sua hemoglobina - molécula presente nos glóbulos vermelhos e que tem como missão transportar o oxigênio pelo corpo - é capaz de levar 40 vezes mais oxigênio do que a hemoglobina humana. Ao contrário desta última, contida nos glóbulos vermelhos, a da Arenicola é extracelular.

Este "respirador molecular", cujo projeto recebeu o nome de Mônaco, é uma "esperança para alivar as UTIs", comentou Zal. O teste será feito em 10 pacientes, em um hospital de Paris.

Atualmente, não há tratamento para a Covid-19, embora haja estudos em andamento.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.