Navigation

George Clooney denuncia boato envolvendo mãe da sua noiva

George Clooney e Amal Alamuddin afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. julho 2014 - 15:37
(AFP)

O ator americano George Clooney denunciou uma notícia "completamente inventada" pelo jornal Daily Mail sobre a mãe de sua noiva, Amal Alamuddin, que, segundo a publicação britânica, seria contrária ao casamento, por motivos religiosos.

Em um comunicado publicado na edição desta quarta-feira do jornal USA Today, o ator afirma que a matéria do Daily Mail é "completamente inventada" e denunciou a "irresponsabilidade" do jornal.

"O Daily Mail publicou uma história completamente inventada sobre a oposição da mãe da minha noiva ao nosso casamento por razões religiosas. O jornal diz que a mãe de Amal contou 'a meia Beirute' que ela era contrária ao casamento", afirma o comunicado.

"A mãe de Amal não é drusa (minoria árabe islâmica). Não visitou Beirute desde que Amal e eu estamos juntos e ela não é, de nenhuma maneira, contrária ao casamento", completa a nota.

"A irresponsabilidade de explorar neste momento diferenças religiosas que não existem é, no mínimo, negligente e absolutamente perigosa", critica o ator e diretor.

Amal Alamuddin, de 36 anos, é uma advogada britânica que nasceu no Líbano e emigrou para o Reino Unido com a família quando tinha três anos, durante a guerra civil que abalou o país (1975-1990).

O anúncio do casamento, em abril, provocou furor no Líbano.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.