Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O ex-presidente americano George W. Bush fala em um simpósio em Washington, em 6 de agosto de 2014.

(afp_tickers)

O ex-presidente americano George W. Bush aderiu com bom humor à campanha de combate à esclerose lateral amiotrófica (ELA) e levou um banho de água fria nesta quarta-feira, desafiando o colega Bill Clinton a fazer o mesmo.

A campanha recebeu adesões de famosos do mundo todo, inclusive no Brasil.

"A todos que me desafiaram, não acho que seja muito presidencial da minha parte jogar um balde de água gelada em cima de mim", diz o ex-presidente (2001-2009), em um vídeo publicado no YouTube, no qual aparece de camiseta, sentado em uma varanda.

"Por isso, vou assinar um cheque", acrescenta W. Bush, pegando uma caneta. Nessa hora, sua mulher, Laura, joga um balde de água fria sobre ele.

"O cheque é meu. Não quero estragar meu penteado", brinca a ex-primeira-dama.

Depois, W. Bush indica seu antecessor, o democrata Bill Clinton, que comemorou 68 anos na terça-feira: "Ontem foi aniversário do Bill e meu presente para o Bill será um banho de água fria".

Depois de ser desafiado por Ethel Kennedy, viúva de 86 anos do senador Robert Kennedy, o presidente Barack Obama se negou a se molhar, mas prometeu fazer uma doação.

Desde julho, milhares de pessoas, entre anônimos e famosos, entraram na brincadeira e participaram do "desafio do balde de água gelada", que viralizou nas redes sociais com o hashtag #IceBucketChallenge. A brincadeira consiste em tomar um banho de água gelada e desafiar outra pessoa a fazer o mesmo, ou doar US$ 100. Ou as duas coisas.

O objetivo é conscientizar e arrecadar fundos para a luta contra o Mal de Lou Gehrig, ou esclerose lateral amiotrófica (ELA), em uma brilhante campanha publicitária da ALS Association, uma organização americana.

Bill Gates, Mark Zuckerberg, Steven Spielberg, Lady Gaga, Britney Spears, Justin Timberlake, James Franco, Ben Affleck, Lena Dunham, Oprah Winfrey, Robert Downey Jr., Jennifer Lopez, Demi Lovato, Bon Jovi, Shakira, Gerard Piqué, Neymar, Cristiano Ronaldo e Jim Parsons são algumas das celebridades que já responderam ao desafio.

Nesta quarta-feira, a ALS Association anunciou que US$ 31,5 milhões tinham sido arrecadados desde o início da brincadeira, contra US$ 1,9 milhão no mesmo período do ano passado - entre 29 de julho e 20 de agosto.

A ELA é uma doença neurodegenerativa que mata os neurônios motores e, em longo prazo, leva à paralisia do paciente.

AFP