Navigation

Grã-Bretanha proíbe aparelhos eletrônicos descarregados em todos os voos

O Ministério dos Transportes britânico ampliou nesta quarta-feira a todos os voos procedentes ou com destino ao Reino Unido a proibição de viajar com aparelhos eletrônicos descarregados, o que, até o momento, limitava-se aos voos para os Estados Unidos afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. julho 2014 - 12:08
(AFP)

O Ministério dos Transportes britânico ampliou nesta quarta-feira a todos os voos procedentes ou com destino ao Reino Unido a proibição de viajar com aparelhos eletrônicos descarregados, o que, até o momento, limitava-se aos voos para os Estados Unidos.

"Recomendamos aos passageiros com embarque ou desembarque no Reino Unido que assegurem que os aparelhos eletrônicos que transportam na bagagem de mão estejam carregados", disse uma fonte do ministério.

Em caso contrário, não poderão embarcar com telefones, computadores ou tablets.

Por razões de segurança, o ministério não informou quais destinos serão particularmente afetados, mas destacou que fará o possível para "reduzir os problemas".

As medidas são iguais às adotadas pelos Estados Unidos para voos procedentes e com destino a seu território, em meio aos temores do desenvolvimento pelos jihadistas de bombas muito mais difíceis de detectar.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.