O Grupo Lima, que inclui países da América Latina e Canadá, se reunirá na próxima semana em Bogotá para enfatizar seu apoio ao líder da oposição Juan Guaidó, reconhecido por cerca de cinquenta países como presidente interino da Venezuela, disse o presidente colombiano Ivan Duque nesta quarta-feira (13).

"Seremos anfitriões do Grupo Lima na próxima semana em Bogotá, e todos os países do hemisfério darão o apoio que precisam para liderar a transição na Venezuela", disse ele.

Duque fez o anúncio durante uma reunião em Washington com o presidente dos EUA, Donald Trump, com quem revisou a situação na Venezuela, abalada há três semanas pela disputa de poder entre Guaidó e o presidente Nicolás Maduro.

Os Estados Unidos e a Colômbia estão pressionando pela saída de Maduro, cujo mandato consideram "ilegítimo".

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.