Navigation

Guaidó afirma que bloqueio dos EUA visa 'proteger venezuelanos'

Juan Guaidó, líder da oposição venezuelana, fala em uma universidade de Caracas em junho de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 06. agosto 2019 - 03:21
(AFP)

O líder opositor, Juan Guaidó, reconhecido pelos Estados Unidos como presidente interino da Venezuela, garantiu na noite desta segunda-feira que o bloqueio imposto por Washington ao governo de Nicolás Maduro busca "proteger os venezuelanos".

"Esta ação é consequência da soberba de uma usurpação inviável e indolente. Aqueles que a mantêm, beneficiando-se da fome e da dor dos venezuelanos, devem saber que há consequências", escreveu Guaidó no Twitter.

O presidente Donald Trump ordenou nesta segunda-feira o congelamento de todos os ativos do governo venezuelano nos Estados Unidos, na última ação de Washington contra Maduro.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.