Navigation

Guaidó anuncia que em breve receberá "ajuda humanitária" para Venezuela

O líder da oposição venezuelana Juan Guaidó, em 28 de março de 2019 em Caracas afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. março 2019 - 18:50
(AFP)

O líder opositor Juan Guaidó anunciou nesta sexta-feia que receberá nos próximos dias "ajuda humanitária" internacional para a Venezuela, após a tentativa fracassada de levar para o país doações dos Estados Unidos em 23 de fevereiro passado.

"Hoje anunciamos que a ajuda humanitária é um fato e que nas próximas horas, nos próximos dias, vamos receber importantes recursos médicos para conter esta tragédia", disse Guaidó, autoproclamado presidente interino e reconhecido no cargo por mais de 50 países liderados por Washington.

O líder parlamentar não especificou se a assistência chegará diretamente à Venezuela ou na Colômbia e Brasil, onde permanecem os carregamentos que não ingressaram no país por ordem do governo de Nicolás Maduro.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.