Navigation

Guaidó será recebido por Bolsonaro

O líder opositor e auto-proclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, é saudado pelo povo depois de se reunir com membros do Grupo de Loma, em Bogotá, em 25 de fevereiro de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. fevereiro 2019 - 18:01
(AFP)

O líder da oposição Juan Guaidó, reconhecido como presidente da Venezuela por cerca de 50 países, chega nesta quarta-feira à noite no Brasil e será recebido na quinta-feira, em Brasília, pelo presidente Jair Bolsonaro, informaram fontes do governo brasileiro e venezuelanas da equipe de Guaidó.

Guaidó, que tinha uma ordem proibindo sua saída da Venezuela pelo governo de Nicolás Maduro, chegou à Colômbia na última sexta-feira para participar de uma operação para enviar ajuda humanitária e participar de uma reunião do Grupo Lima na segunda-feira em Bogotá, onde discutiram a situação do país caribenho.

Uma fonte venezuelana disse que o também presidente da Assembleia Nacional ainda não decidiu se visitará a fronteira terrestre entre Brasil e Venezuela, que no último final de semana registrou momentos de tensão no âmbito da operação humanitária.

Guaidó assegurou na terça-feira que vai voltar para a Venezuela depois de ter desafiado a ordem judicial que o impedia de deixar o país.

"Não assumi este compromisso para exercê-lo em um lugar que não seja a Venezuela, sendo assim nos vemos em Caracas muito em breve", disse o líder opositor de 35 anos, em vídeo que dirigiu aos venezuelanos, divulgado em sua conta no Twitter.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse à emissora ABC News que Guaidó terá que enfrentar a Justiça, pois tinha proibido deixar o país e deveria respeitar a lei.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.