Navigation

Guatemala fechará cemitérios no Dia de Finados por causa pandemia

Coveiros com trajes de biossegurança enterram o caixão com o corpo de uma vítima de covid-19 no cemitério municipal de Mixco, 20 km a oeste da Cidade da Guatemala, em 6 de agosto de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 13. outubro 2020 - 22:45
(AFP)

A Guatemala fechará seus cemitérios por ocasião do Dia de Finados, quando milhares de pessoas lotam estes locais para visitar seus entes queridos falecidos, como parte das medidas de prevenção para conter a covid-19, informou o governo nesta terça-feira (13).

O chefe da Comissão Presidencial de Atenção à Emergência Covid-19 (Coprecovid), Edwin Asturias, disse durante coletiva de imprensa que os cemitérios estarão fechados desde 31 de outubro, quando as pessoas começam a visitar os locais, e também em 1º de novembro, Dia de Todos os Santos, e 2 de novembro, Dia de Finados.

Asturias informou que visa com a medida evitar aglomerações e contágios pelo novo coronavírus.

No entanto, esclareceu que estará permitido entrar nos cemitérios de 16 a 30 de outubro e de 3 a 15 de novembro, com medidas de segurança.

Nas datas em que os cemitérios estiverem abertos, a quantidade de pessoas que poderão entrar será definida pelo nível de alerta do município, o vermelho, em caso de alta incidência, e verde, quando os contágios de covid-19 forem menores.

Segundo o protocolo, não poderá haver mais de cinco pessoas no mesmo espaço no cemitério e recomenda-se aos maiores de 60 anos e às crianças que evitem ir a estes locais.

Também será proibida a venda de alimentos dentro e ao redor dos cemitérios, e o tempo máximo de permanência será de 30 minutos.

Na Guatemala, milhões de pessoas vão aos cemitérios para visitar seus entes queridos falecidos, enfeitam com flores e arrumam os túmulos. Em regiões indígenas, levam-lhes comida típica e bebidas alcoólicas.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.