Navigation

Homem esfaqueia 8 pessoas em aeroporto internacional de La Paz

O comandante da Polícia de La Paz, coronel Edwad Barrientos, disse aos jornalistas que as circunstâncias do incidente ainda são investigadas. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 26. junho 2014 - 16:31
(AFP)

Um homem de 40 anos atacou a facadas oito pessoas, com ferimentos de diversos graus, no aeroporto internacional de La Paz, um crime que ainda está sendo investigado, informaram nesta quinta-feira autoridades aeronáuticas e policiais.

Javier Virgilio Cusi Aduviri, de 40 anos, "não era passageiro de nenhum voo nacional ou internacional (e) agrediu com uma arma perfuro-cortante oito pessoas que estavam no mesmo espaço", declarou em um comunicado a empresa estatal Serviços Aeroportuários da Bolívia (SABSA) enviado à AFP.

O comandante da Polícia de La Paz, coronel Edwad Barrientos, disse aos jornalistas que as circunstâncias do incidente ainda são investigadas.

"Se trataria de uma pessoa com problemas mentais muito sérios" que foi detida pela polícia e "será submetida a avaliações psiquiátricas" antes de ser enviada à justiça, declarou o vice-ministro do Interior boliviano, Jorge Pérez, que se dirigiu ao aeroporto de El Alto, que serve La Paz.

Segundo Pérez, o incidente ocorreu depois que o agressor teve negado seu pedido de comprar uma passagem de avião com destino ao Chile em uma companhia aérea boliviana.

O agressor "percorreu quatro metros e em um minuto esfaqueou as pessoas que encontrou em seu caminho", entre elas o subtenente da polícia que o deteve, declarou uma testemunha ao site do jornal La Razón.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.