Navigation

Inspetores da OSCE chegam à zona de impacto do avião malaio na Ucrânia

Depois de uma breve conversa, um grupo de insurgentes pró-russos deixou que os inspetores tivessem acesso ao local do impacto do aparelho que transportava 298 pessoas, e aparentemente foi derrubado por um míssil terra-ar. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 19:22
(AFP)

Cerca de 30 inspetores da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) chegaram nesta sexta-feira no leste da Ucrânia, controlado pelos separatistas pró-russos e onde caiu o avião malaio, comprovou um jornalista da AFP.

Depois de uma breve conversa, um grupo de insurgentes pró-russos deixou que os inspetores tivessem acesso ao local do impacto do aparelho que transportava 298 pessoas, e aparentemente foi derrubado por um míssil terra-ar.

"Nós não somos uma equipe de investigadores. Estamos aqui para verificar se o perímetro é seguro e se os (corpos das) vítimas estão sendo tratados da maneira mais humana possível", declarou aos rebeldes Alexander Hug, um dos líderes da equipe.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.