Navigation

Islamitas recebem apoio em combate no aeroporto de Trípoli

A ofensiva contra o aeroporto, lançada no domingo, tenta desalojar as brigadas da cidade de Zenten (sudoeste de Trípoli), consideradas o braço armado da corrente nacional (liberal). afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 17. julho 2014 - 16:04
(AFP)

As poderosas brigadas da cidade líbia de Misrata anunciaram nesta quinta-feira que se somarão às milícias que tentam se apoderar do aeroporto da capital Trípoli, em mãos de outro grupo armado.

A ofensiva contra o aeroporto, lançada no domingo, tenta desalojar as brigadas da cidade de Zenten (sudoeste de Trípoli), consideradas o braço armado da corrente nacional (liberal).

Zenten e Misrata (leste da capital) participaram ativamente na revolta de 2011 contra Muamar Kadhafi. Mas depois da queda do ditador, passaram a se enfrentar e são adversárias.

O anúncio de Misrata reaviva os temores de um conflito mais amplo na capital, num momento em que o país continua esperando a proclamação dos resultados das eleições legislativas de 25 de junho.

Segundo os observadores, a corrente liberal teria obtido mais cadeiras que os islamitas, e os combates em Trípoli acontecem dentro de uma luta de influência entre os dois campos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.