Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ismail Haniyeh, líder do Hamas na Faixa de Gaza, é visto em 7 de maio de 2014, em Gaza

(afp_tickers)

A aviação israelense bombardeou na manhã desta terça-feira a casa de Ismail Haniyeh, líder do Hamas na Faixa de Gaza, que está situada no campo de refugiados de Chati, no noroeste do território palestino, informou a família do dirigente.

"O inimigo israelense bombardeou nossa casa em dois ataques", declarou Abed Salam Haniyeh, filho do dirigente do Hamas.

Os bombardeios e os disparos de artilharia israelenses seguiam sobre a Faixa de Gaza, nesta terça de manhã (horário local), deixando 17 mortos, incluindo pelo menos quatro crianças, desde a meia-noite (18h de Brasília).

Na segunda-feira, oito crianças e dois adultos morreram no campo de refugiados de Chati, onde fica a casa de Haniyeh. Ambos os lados do conflito trocam acusações, mais uma vez, sobre a responsabilidade no episódio.

Segundo testemunhas, caças israelenses F-16 lançaram cinco mísseis sobre um grupo de crianças. Já o Exército de Israel garante que se trata de disparos de foguetes lançados pelo Hamas.

O líder do Hamas em Gaza, Ismail Haniyeh, apareceu em 21 de julho na televisão do Hamas e, nesta segunda, reiterou as condições do movimento islâmico para um cessar-fogo com Israel. Entre elas, estão a suspensão do bloqueio israelense e a libertação dos presos do Hamas.

AFP