Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Moradores de Washington entraram com uma ação depois de terem negados seus pedidos para portar armas de pequeno porte, para defesa pessoal.

(afp_tickers)

Um juiz federal americano determinou no sábado que a proibição de cidadãos comuns portarem armas em público em Washington era inconstitucional.

Em uma decisão de 19 páginas, o juiz Frederick Scullin argumentou que "não existe nenhuma base legal segundo a qual esta Corte possa concluir que a proibição total no distrito de Columbia sobre o porte de armas curtas em público fora de casa seja constitucional, sob qual forma de análise".

"Por isso, a Corte considera que a proibição total de carregar armas de pequeno porte em público no distrito de Columbia é inconstitucional", conclui.

Ainda não se sabe se o acusado - o distrito de Columbia, representado pela chefe da polícia, Cathy Lanier - apelará da decisão.

Moradores de Washington entraram com uma ação depois de terem negados seus pedidos para portar armas de pequeno porte, para defesa pessoal.

A capital americana está entre os estados de Virgínia, que autoriza seus habitantes e andarem com armas sem restrições, e Marylan, onde as normas são muito mais rígidas.

Atualmente, 44 dos 50 estados do país permitem o porte livre de armas curtas.

AFP