Navigation

Justin Bieber é condenado a 2 anos de liberdade condicional nos EUA

O cantor Justin Bieber afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. julho 2014 - 01:24
(AFP)

O cantor canadense Justin Bieber foi condenado nesta quarta-feira a dois anos de liberdade condicional e a pagar uma multa de 80.900 dólares por ter jogado ovos na casa do vizinho em Los Angeles em janeiro passado.

A Justiça também decretou que o artista, que não compareceu à audiência realizada em um tribunal de Los Angeles, cumpra cinco dias de serviços comunitários e compareça a um programa de 12 semanas de controle da raiva por conta desse ato de vandalismo.

No início do ano, Bieber, de 20 anos, e um grupo de amigos começaram a jogar ovos na casa de um vizinho, no bairro exclusivo de Calabasas, ao norte de Los Angeles. A brincadeira terminou causando prejuízos de mais de 20.000 dólares. O crime foi considerado como um delito maior por ter danos de mais de US$ 400.

Dias depois desse episódio, a polícia encontrou drogas em uma batida na casa, durante a qual o rapper Lil Za, amigo e cúmplice do cantor, acabou sendo preso.

Após o incidente, o cantor se desfez de sua mansão em Calabasas e se mudou para um luxuoso apartamento no bairro badalado de Beverly Hills de Los Angeles.

Bieber mantém uma relação intensa com a Justiça americana. Ele ainda precisa se acertar com o tribunal em Miami por dirigir bêbado e resistir à prisão.

No início do ano, o cantor também teve de se apresentar à polícia de seu país para responder por uma acusação de agressão ao motorista da limusine que ele havia contratado.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.