Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Kerry afirmou aos jornalistas que continua trabalhando para o estabelecimento de um cessar-fogo humanitário incondicional.

(afp_tickers)

O secretário de Estado americano, John Kerry, declarou nesta segunda-feira que os esforços internacionais por um cessar-fogo entre Israel e os palestinos em Gaza devem conduzir ao desarmamento do grupo Hamas.

Kerry afirmou aos jornalistas que continua trabalhando "para o estabelecimento de um cessar-fogo humanitário incondicional", mas acrescentou que também acredita "que todo processo para resolver a crise em Gaza de maneira duradoura e relevante deve levar ao desarmamento do Hamas e de todos os grupos terroristas".

O chefe da diplomacia americana afirmou que um cessar-fogo "pode ser alcançado durante o Eid al-Fitr, que começa hoje, dando um fim aos combates e permitindo a entrada em Gaza de alimentos e medicamentos".

Segundo ele, esta trégua também ofereceria a "Israel os meios de responder à ameaça representada pelos ataques a partir dos túneis".

Para Kerry, "o cessar-fogo humanitário é o momento mais propício para negociações" entre as partes em conflito.

A morte de crianças palestinas de Gaza e de civis em Israel acabou com as esperanças de um cessar-fogo nesta segunda-feira, no primeiro dia da festa muçulmana do Eid al-Fitr e após três semanas de conflito.

AFP